top of page

Você conhece seu cabelo?


O cabelo pode ser classificado de acordo a distribuição da oleosidade dos fios em normal, seco, oleoso ou misto, sendo importante identificar o tipo para que possam ser escolhidos os produtos mais adequados para cuidar do cabelo corretamente, mantendo-o com brilho e maciez.

A forma e estrutura do fio podem variar de acordo com a origem étnica, isso porque essas características estão relacionadas com a composição química e molecular dos fios, de forma que podem ser classificados em três grandes grupos:

  • Oriental, que possui fio reto;

  • Caucasiano, cujo fio pode variar do ondulado ao encaracolado;

  • Afro, em que o fio é mais achatado, de forma que tende a ser mais encaracolado.

Apesar de existirem estes 3 grandes grupos, os subgrupos são infinitos!

Muita miscigenação entre as raças e povos fizeram também termos muitos tipos diferentes de cabelos.


1. Liso

De acordo com as características do fio, o cabelo liso pode ser:

  • Liso fino ou 1A: fios de cabelo muito lisos, sem volume e escorridos, que não modelam e nem seguram nada, nem um grampo. Além disso, este tipo de cabelo tem muitas vezes tendência para a oleosidade;

  • Liso médio ou 1B: fios de cabelo lisos, mas com um pouco de volume, sendo que já é possível modelar as pontas e de colocar grampos;

  • Liso grosso ou 1C: fios de cabelo lisos, mas grossos e com volume. Pode armar com facilidade e são difíceis de modelar.

Como cuidar: Para evitar o ressecamento, os cabelos lisos precisam de hidratação a cada duas semanas. Caso seja usado secador ou chapinha, é recomendado que seja aplicado protetor térmico para evitar o ressecamento dos fios.



2. Cabelo ondulado

O cabelo ondulado forma ondas em forma de S, podendo ficar liso quando escovado ou cacheado quando é amassado, formando cachos soltos. Os principais tipos de cabelo ondulado são:

  • 2A - Ondulado fino: fios de cabelo ondulados, em forma de S muito suave, fáceis de modelar, quase lisos. Geralmente não tem muito volume;

  • 2B - Ondulado médio: fios de cabelo ondulados, formando um S perfeito. Tendem a ter frizz e não são muito fáceis de modelar;

  • 2C - Ondulado grosso: fios de cabelo ondulados e volumosos, começando a formar cachos soltos. Além disso, não ficam grudados na raiz e são difíceis de modelar.

Como cuidar: Para definir as ondas, deve-se usar cremes para pentear ou ativadores de cachos, e preferir cortes em camadas, pois dão mais movimento às ondas. Esse tipo de cabelo precisa de uma hidratação profunda a cada duas semanas, com máscaras ou cremes específicos para hidratar, e o secador e a prancha devem ser deixados de lado para que as ondas fiquem mais definidas e brilhosas.


3. Cabelo cacheado

Os tipos de cabelo cacheado são:

  • 3A - Cachos soltos: cachos naturais, largos e regulares, bem formados e redondos, geralmente finos;

  • 3B - Cachos fechados: cachos estreitos e bem formados, mas mais fechados que os cachos soltos e mais grossos, tendendo a ficar armado;

  • 3C - Cachos muito fechados: cachos muito fechados e estreitos, ficando grudados uns nos outros, porém com um padrão definido.

Para dar forma ao cabelo e definir os cachos, o leave in ou o ativador de cachos pode ser usado diariamente. Outro produto que pode ser utilizado é o reparador de pontas, que dá brilho e maciez, e deve ser aplicado com os fios já secos.


Como cuidar: O ideal é que os cabelos cacheados sejam lavados apenas duas vezes por semana com shampoos anti-frizz ou para cabelos normais, e a cada lavagem os fios devem ser hidratados com creme de tratamento ou máscara de hidratação.

Após a lavagem, deve-se aplicar leave in, que é um creme de pentear sem enxágue, e deixar o cabelo secar naturalmente, pois o uso de secador e prancha resseca os cachos.



4. Cabelo crespo

Os tipos de cabelo crespo são:

  • 4A - Crespo macio: cachos pequenos, definidos e muito fechados, que parecem molas;

  • 4B - Crespo seco: cachos muito fechados, em forma de zigue-zague, menos definidos do que o crespo macio;

  • 4C - Crespo sem forma: cachos muito fechados, em forma de zigue-zague, mas sem nenhuma definição.

Como cuidar: É importante que a hidratação seja feita com água quente e toucas térmicas, mas a finalização da lavagem do cabelo deve ser feita com água fria, pois isso evita o frizz.



Além disso, deve-se usar o creme para pentear e deixar os cachos secarem naturalmente, apenas retirando o excesso de água ao amassar o cabelo com papel toalha. Mas quando usar o secador for necessário, uma boa dica é passar um pouco de gel nas pontas do cabelo, por cima do creme de pentear, e usar o difusor para definir os cachos.


Bibliografia

  • SOUZA, CLAUDIONORA. Tricologia e terapia capilar. 2017. Disponível em: <https://s3.amazonaws.com/cm-kls-content/LIVROS_UNOPAR_AEDU/Tricologia%20e%20Terapia%20Capilar.pdf>. Acesso em 08 out 2021

  • SANTOS, Jornada D. Caracterização de fios de cabelo antes e após tratamentos químicos e físicos por espectroscopias Raman e no infravermelho e microscopia eletrônica. Tese de mestrado, 2017. Universidade Federal de Juiz de Fora.

28 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page